Processo de revestimento de politetrafluoretileno na GMORS

Documentos técnicos

A GMORS oferece diversas soluções de baixo atrito para vedantes em elastómero. Uma das técnicas de elevado interesse é o revestimento de politetrafluoretileno. Trata-se de uma película que reduz o atrito à superfície dos vedantes sem utilização de um lubrificante líquido. O processo de revestimento avançado de politetrafluoretileno da GMORS oferece-lhe um revestimento vedante eficaz e fiável, fornecendo inúmeras vantagens à linha de montagem. Com os revestimentos de politetrafluoretileno da GMORS, independentemente do material de borracha utilizado, o coeficiente de atrito estático pode ser reduzido até 70 %, conforme demonstrado na figura 1.

Figura 1. Coeficiente de atrito estático de cada material com e sem revestimento de politetrafluoretileno

O revestimento micrométrico altera as propriedades da superfície e ajuda a prevenir o efeito de vibração. As características melhoradas de atrito são muito vantajosas em linhas de montagem automatizadas/ manuais, para evitar aderências, torções ou até rasgos nos vedantes. A montagem fácil permite melhorar também a eficiência da produção. Além disso, a adição de cor ajuda a identificar peças idênticas, evitando misturas.

Figura 2.Vantagens do revestimento de politetrafluoretileno, incluindo diferenciação e identificação, montagem fácil, baixo atrito e anti-aderência.


No processo de revestimento da GMORS, esforçamo-nos por fornecer revestimentos funcionais que não afetam negativamente as características vedantes. Para definir e satisfazer melhor as necessidades dos clientes, examinamos os revestimentos em diferentes aspetos, como a resistência ao calor e a químicos, espessura, facilidade de montagem e limpeza. Os profissionais do nosso laboratório realizam minuciosamente várias experiências e verificações utilizando tecnologias inovadoras para oferecer aos nossos clientes as melhores soluções de revestimento.


Imersão em óleo e envelhecimento térmico
O revestimento deve ser capaz de suportar as condições ambientais e de funcionamento específicas das aplicações dos clientes. A melhoria da resistência ao calor e aos químicos tornou-se, assim, uma das nossas prioridades. Através da criação de ambientes de utilização que refletem as necessidades dos clientes, os revestimentos de politetrafluoretileno são testados e apresentam grandes melhorias ao nível da resistência química e termostática quando utilizamos as nossas novas técnicas de revestimento.

Como se pode verificar na Figura (3a), o vedante revestido com politetrafluoretileno é mergulhado num líquido de amostra e sofre alterações significativas de cor. No entanto, como se verifica na Figura (3b), com as técnicas avançadas de revestimento de politetrafluoretileno, o aspeto do vedante não sofre alterações após a imersão.
Figure (3a)(3b).
Figura (3a)(3b). Imersão de vedantes num líquido a 150 °C durante 168 horas

Além disso, a Figura (4a) mostra que o revestimento básico foi severamente danificado e sua cor significativamente alterada depois de submetido ao teste de envelhecimento térmico. Por outro lado, não se observou qualquer alteração na cor utilizando as técnicas avançadas de revestimento de politetrafluoretileno (Figura (4b)). A resistência ao calor foi melhorada.Figure (4a)(4b).
Figura (4a)(4b). Aquecimento de vedantes a 175 °C durante 168 horas


Simulação da montagem
Quando nos focamos no estado do revestimento durante a montagem, é de esperar que este adira bem à superfície do vedante, sem rachar nem lascar. Desta forma, realizamos uma simulação da montagem para examinar a aderência do revestimento. Esticamos a amostra até atingir um alongamento de 100 % durante 10 ciclos, e depois observamos a amostra ao microscópio com uma ampliação de 500x. Não são observadas fissuras nem danos no revestimento avançado da GMORS, conforme exibido na Figura (5a).

Figure (5a)
Figura (5a). Amostra do revestimento avançado antes e depois da simulação da montagem. Não exibe qualquer alteração ou fissura.

Depois de 10 ciclos com um alongamento de 100 %, os resultados da comparação entre um revestimento avançado e um revestimento de má qualidade são exibidos na Figura 6. São observados danos significativos no revestimento de má qualidade, enquanto o revestimento avançado permanece totalmente inalterado.

Figure 6


Figura 6. A diferença entre um revestimento avançado e um revestimento de má qualidade após a simulação da montagem.


Limpeza
Hoje em dia, o controlo da limpeza técnica é indispensável em cada vez mais indústrias de ponta. O revestimento de politetrafluoretileno é uma película seca que envolve os vedantes de borracha e evita a contaminação provocada pela utilização de lubrificantes líquidos. No entanto, muitos fatores externos podem ainda resultar na libertação de partículas do revestimento. Estas fraturas podem contaminar as zonas circundantes e é isso que a GMORS pretende evitar.
Com base no teste de simulação da montagem, o revestimento avançado da GMORS dá resposta à maior parte dos requisitos de limpeza dos mercados de fabricantes de equipamentos originais da indústria automóvel. Classe 6 na norma ISO 16232.[1]

   Relatório de análise de limpeza de vedantes com revestimento de acordo com a norma ISO 16232   



coating-8.jpg


Medição da espessura
A GMORS equipou-se com instrumentos avançados que permitem uma análise precisa das propriedades das peças vedantes. Um deles é o microscópio de alta resolução que nos permite aceder aos detalhes da superfície após o processo de revestimento. Esta instalação interna permite-nos analisar rapidamente e em tempo real a superfície dos vedantes antes e depois do tratamento, incluindo a medição da espessura da camada de revestimento, a rugosidade da superfície ou outros exames microscópicos.

A espessura do revestimento foi medida conforme demonstrado na Figura 7. A secção transversal do produto deve ser especialmente processada para manter a forma de revestimento original e garantir uma medição precisa da espessura ao microscópio. A elevada ampliação é necessária para medir/ observar a camada de revestimento microscópica.
coating-9.jpg
Figura 7. Foi observado, com grande ampliação, a secção transversal de um vedante com uma fina camada de revestimento de cor.


[1] An expected value of cleanliness which will require further test for each occasion.

推薦文章